Tratamento e sintomas de sinovite do joelho

A sinovite é uma causa comum de dor nas articulações, não apenas entre atletas e aqueles associados ao trabalho físico.

A inflamação sinovial pode ocorrer em todos, mesmo em resposta a qualquer outra doença. Na maioria das vezes, a doença afeta as articulações do joelho e cotovelo. Sem tratamento adequado, a sinovite tende a se tornar crônica, o que pode afetar seriamente a qualidade de vida. A sinovite da articulação do joelho é uma doença bastante séria que pode se desenvolver como resultado de um grande número de causas. Para seu tratamento, existe todo um arsenal de medicamentos e terapia adjuvante, no entanto, a doença é muito difícil de tratar.

Sinovite da articulação do joelho: sintomas e como tratar

A articulação do joelho é uma das articulações mais complexas na estrutura dos ossos:

  • é formado por um osso (tibial) - de baixo, um (femoral) - de cima,
  • o terceiro osso, a patela, está localizado na frente e também participa dos movimentos da articulação,
  • somente dentro desta articulação existem dois meios anéis cartilaginosos - o menisco, que desempenham o papel de um amortecedor dessa articulação,
  • existem muitos ligamentos na articulação, cuja tarefa é garantir sua força e funcionalidade,
  • a junta no topo é coberta por uma “manga” - uma bolsa de junta. No exterior, consiste em tecido fibroso grosso e, por dentro, é penetrado por um grande número de vasos, desempenhando a função de alimentar as superfícies correspondentes.

Como é nessa articulação que existe um grande número de estruturas - ossos, cartilagem, ligamentos e músculos - a membrana sinovial (a chamada parte interna da bolsa articular) forma um grande número de depressões que envolvem algumas delas.

Eles são chamados de bolsas e dobras sinoviais. Com a inflamação das articulações, o líquido inflamatório pode se acumular nelas. Também aparece lá quando a doença dessa própria membrana está presente, e isso pode ocorrer tanto como uma doença independente quanto como uma reação geral do corpo. Aqui chegamos perto do conceito de "sinovite".

Esta é uma patologia na qual, como resultado de várias causas, ocorre inflamação da membrana sinovial da articulação. Como resultado, um fluido inflamatório é formado nele - exsudato (efusão).

O que é sinovite da articulação do joelho

A sinovite da articulação do joelho é uma inflamação da membrana sinovial, que pode ocorrer de forma aguda ou crônica. As causas da doença podem se tornar:

  • lesões no joelho
  • doenças endócrinas
  • artrite
  • alergia

A sinovite primária ocorre no contexto de lesões e cargas excessivas. A forma secundária ou reativa é uma complicação de doenças das articulações ou órgãos internos. À medida que a doença se desenvolve, uma pessoa perde capacidade de trabalho. Existem restrições ao movimento e dores constantes.

A sinovite deve ser diagnosticada corretamente de doenças semelhantes, por exemplo, bursite no joelho. Para isso, modernos dispositivos de diagnóstico (ultra-som, ressonância magnética, punção) são utilizados.

Sinais e sintomas

A doença, que se desenvolveu agudamente, que não é purulenta, se manifesta pelos seguintes sintomas:

  • um aumento no volume da articulação, que ocorre dentro de algumas horas a um dia,
  • sem alta temperatura da pele sobre a articulação,
  • sintoma da votação da patela: se você pressioná-lo, ele mergulha na articulação; quando liberado, aparece,
  • movimentos articulares são difíceis, é doloroso cometer,
  • a temperatura corporal aumenta (opcional)
  • fraqueza, mal-estar aparecem.

Sinovite purulenta aguda:

  • A articulação aumenta em volume,
  • A pele acima da articulação fica vermelha, fica quente ao toque,
  • Dobrar-dobrar uma perna é muito doloroso, às vezes até impossível,
  • A temperatura corporal aumenta, geralmente para números altos,
  • A condição geral sofre: fraqueza, náusea, fadiga,
  • Pode até haver confusão, delírio, alucinose.

Sinovite crônica ocorre com sintomas não expressos:

  • cansaço ao caminhar
  • restrição de movimento articular
  • dor no joelho dolorida
  • fadiga geral rápida
  • com um processo de longa data, você pode notar uma crise,
  • luxação frequente do joelho, mesmo com um ligeiro aumento na amplitude de movimento nele.

Uma doença aguda (principalmente sinovite purulenta) geralmente é unilateral. Porém, se se desenvolver em resposta a outra patologia (sinovite alérgica reativa) e não a lesão, é possível a sinovite das articulações do joelho direito e esquerdo. Em seguida, os sintomas acima ocorrerão em dois joelhos, no contexto de outra doença ou imediatamente após a passagem.

Características de forma crônica e aguda

Sinovite crônica é rara. Na maioria dos casos, parece que, na forma aguda da doença, medidas terapêuticas não foram tomadas ou se há alergia. Com um curso lento de sinovite, os sintomas são menos pronunciados. Uma pessoa está preocupada com um pouco de dor e inchaço, enquanto não há vermelhidão e temperatura.

A forma aguda da doença é caracterizada por fortes dores e inchaço. No curso agudo, a sinovite é quase sempre considerada primária. Freqüentemente, a inflamação aguda da membrana sinovial ocorre devido à infecção.

Diagnóstico

O diagnóstico é uma parte importante do tratamento da sinovite. Com sua ajuda, é possível não apenas identificar a inflamação da membrana sinovial, mas também determinar o grau de dano e o tipo de doença. Para obter um diagnóstico preciso, são utilizados métodos de hardware e laboratório. Primeiro de tudo, o médico examina a área afetada. Com base nos resultados do exame inicial, os métodos de diagnóstico necessários são selecionados.

Métodos de hardware

Entre os métodos de pesquisa de hardware destacam-se:

  • Ultrassom
  • tomografia (TC e RM),
  • Exame de raios-X.

Os métodos de diagnóstico de hardware ajudam a excluir doenças semelhantes e permitem determinar o grau de dano. Eles são prescritos imediatamente após uma inspeção visual. Não há necessidade de se preparar para um exame usando dispositivos de diagnóstico especiais. Se uma pessoa sofre de dor aguda, o diagnóstico é realizado em um hospital. Em uma clínica regular, você precisará fazer testes por sua vez.

Métodos de diagnóstico específicos são selecionados pelo médico. Em alguns casos, um raio-X da articulação do joelho é suficiente.

Causas e gatilhos

A sinovite da articulação do joelho se desenvolve mais frequentemente devido a alterações destrutivas nas estruturas do tecido conjuntivo. O espessamento, rugosidade das camadas da bolsa sinovial leva ao acúmulo de líquido dentro dela. É mais do que suficiente fornecer cartilagem hialina e garantir um deslocamento suave dos ossos um em relação ao outro.

Portanto, a descoberta a longo prazo do excesso de exsudato logo se torna a causa do desenvolvimento do processo inflamatório. A destruição do tecido pode ocorrer como resultado de lesões no joelho - lesões no menisco, entorses, músculos, luxações, fraturas articulares e extra-articulares.

Tais fatores e condições patológicas podem provocar inflamação da membrana sinovial:

  • atividade motora excessiva, levantamento de peso,
  • distúrbios da hematopoiese associados à coagulação sanguínea comprometida, levando a hemorragia na cavidade da articulação do joelho,
  • presença de doenças sistêmicas graves, incluindo gênese auto-imune - artrite reumatóide, reativa, infecciosa, psoriática, gotosa ou deformadora, gonartrose, reumatismo,
  • movimentos monótonos freqüentes no processo de treinamento esportivo ou tarefas profissionais, predispondo ao microtraumatismo dos tecidos conjuntivos.

A forma mais grave e perigosa de sinovite com suas complicações é infecciosa.Ocorre como resultado da introdução de microrganismos patogênicos, geralmente bactérias patogênicas, na bolsa sinovial.

Agentes infecciosos (estafilococos epidérmicos dourados) penetram no joelho no momento da lesão, a partir da superfície da pele.

Esse cenário é possível com perfurações profundas, cortes, rupturas de ligamentos e (ou) tendões com violação da integridade da pele.

Bactérias patogênicas penetram na cavidade bursa também a partir dos focos inflamatórios primários, geralmente formados nos órgãos dos sistemas respiratório, digestivo ou urogenital. Após a introdução, eles se multiplicam intensamente, liberando resíduos tóxicos no espaço circundante. Isso provoca não apenas um processo inflamatório agudo, mas também intoxicação geral do corpo.

A forma do curso da sinovite da articulação do joelhoRecursos salientes
AfiadoO exsudato seroso ou hemorrágico que contém um grande número de proteínas ou impurezas no sangue se acumula na cavidade do joelho. A bolsa sinovial é preenchida com líquido, o que leva ao "inchaço" de suas paredes. Sensações dolorosas estão constantemente presentes, amplificadas por tentativas de dobrar ou estender o joelho
CrônicoNo estudo do líquido sinovial, é detectada uma alta concentração de proteínas fibrilares, o que indica uma destruição irreversível da membrana. Sua estrutura sofre alterações - engrossa, grosseira, os corpos intra-articulares começam a se formar. As dores enfraquecem, surgem apenas após um esforço físico sério

Quadro clínico

A sinovite aguda inespecífica é caracterizada por um inchaço grave da articulação do joelho, visualizado em um aumento no seu tamanho em comparação com um membro saudável. A pele sobre ela é suavizada, inchada, há uma sensação de plenitude. Dor de gravidade leve ou moderada ocorre apenas durante o movimento e desaparece após um breve descanso.

Na palpação da articulação, dor moderada, um aumento na temperatura local, flutuação (um sintoma de líquido em uma cavidade fechada com paredes elásticas) é sentida.

Uma característica específica dessa forma de sinovite é a votação da patela. Quando pressionado, move-se para baixo até tocar o osso e, após a cessação do estresse mecânico, retorna à sua posição original. Há também uma limitação da mobilidade articular, hipertermia menor, fraqueza e mal-estar.

As manifestações clínicas da patologia purulenta aguda são mais vivas e os sintomas de intoxicação geral do corpo prevalecem:

  • temperatura corporal excede os indicadores subfebris, sobe para 40 ° C,
  • hipertermia é acompanhada de calafrios, febre, sudorese, delírio é possível,
  • ocorrem distúrbios neurológicos - apatia, fadiga, sonolência,
  • aumento de linfonodos próximos
  • em crianças e pacientes debilitados, a digestão e o peristaltismo podem ser prejudicados.

A própria articulação incha, observa-se hiperemia da pele acima dela. Qualquer movimento causa dor aguda. Às vezes, mecanismos protetores e compensatórios são acionados, provocando o desenvolvimento de contraturas restritivas.

Na ausência de intervenção médica, a doença logo assume uma forma crônica do curso. A gravidade das sensações desconfortáveis ​​é significativamente reduzida, a amplitude de movimentos na articulação do joelho aumenta. A dor surge após intenso esforço físico, hipotermia, exacerbação de outras patologias crônicas, durante a gripe ou SARS.

Uma pessoa geralmente toma o enfraquecimento dos sintomas para se recuperar. De fato, alterações fibróticas destrutivas se desenvolvem na cavidade articular. O crescimento das vilosidades da membrana sinovial ocorre, uma grande quantidade de fibrina se acumula nela.

Ao criar uma certa concentração, eles começam a "ceder" na cavidade da articulação. Após a separação, os depósitos fibrinosos são transformados, aparecendo nas imagens de diagnóstico na forma de um sinal característico de sinovite - “corpos de arroz”.

Eles não estão localizados em um só lugar, mas circulam no líquido sinovial, lesionando constantemente a cápsula articular.

Laboratório

Entre os métodos laboratoriais, destacam-se os seguintes procedimentos:

  • exame de sangue
  • exame de sangue bioquímico,
  • punção

Se houver suspeita da natureza infecciosa da sinovite, a punção é realizada. Ao examinar o líquido sinovial, você pode determinar com precisão a infecção e seu regime de tratamento. O motivo da punção pode ser leucocitose e temperatura. A leucocitose é detectada após o exame de sangue. Os métodos de diagnóstico laboratorial ajudam a obter uma imagem geral do estado do corpo.

Desenvolve-se devido à entrada do micróbio na membrana sinovial:

    • método direto (com ferida penetrante),
    • método de contato (se houver inflamação dos ossos da articulação (osteomielite), bolsa articular (bursite) e assim por diante),
    • com fluxo sanguíneo, com linfa - de outros focos de infecção no corpo.

Essa doença pode ser:

  • específico quando micróbios como o bacilo de Koch, treponema (um agente causador da sífilis), listeria e outros entram na membrana sinovial
  • inespecífico: é chamado de cocos "banais".

Tratamento

Para se livrar da sinovite da articulação do joelho, é necessário usar um efeito complexo. A terapia consiste nos seguintes elementos:

  • exposição a drogas
  • fisioterapia
  • dieta especial
  • educação física preventiva terapêutica.

Se a doença não é passível de efeitos terapêuticos ou é extremamente aguda, a cirurgia é realizada. Após a cirurgia, métodos conservadores de recuperação são usados.

Um ortopedista está envolvido na preparação de um regime de tratamento. Além disso, com um curso complicado, outros especialistas podem participar da terapia.

Medicação

O tratamento medicamentoso visa aliviar a inflamação e a dor. Para isso, são utilizadas pomadas locais e anti-inflamatórios sistêmicos. Se uma pessoa sofre de sinovite infecciosa da articulação do joelho, antibióticos são prescritos. No curso agudo da doença, podem ser utilizados inibidores da proteólise. Cada medicamento tem uma duração limitada de uso. O médico deve elaborar corretamente um regime de tratamento e selecionar as dosagens necessárias.

Medicamentos não esteróides (AINEs)

Anti-inflamatórios não esteróides são usados ​​para qualquer tipo de sinovite. Eles ajudam a resistir à dor e inflamação. Pomadas e géis locais são usados. Entre os medicamentos mais eficazes estão:

Pomadas são aplicadas na área afetada 2-3 vezes ao dia. A dose específica e a duração do uso são determinadas pelo médico. No tratamento da sinovite crônica, os medicamentos são utilizados em cursos. Em nenhum caso você deve prescrever pomadas ou comprimidos por conta própria. Se usado incorretamente, ocorrem efeitos colaterais, não há efeito terapêutico.

Corticosteróides

Drogas hormonais podem rapidamente se livrar da inflamação. Os corticosteróides suprimem efetivamente a inflamação, mas podem ser prejudiciais ao organismo. É por isso que eles são usados ​​apenas com um curso complicado da doença. Para alcançar resultados máximos, os medicamentos são usados ​​como injeções. Entre os medicamentos mais preferidos estão:

Simultaneamente com a supressão da inflamação, é necessário eliminar a causa do aparecimento da doença. Além disso, é importante garantir paz completa e não fornecer uma carga extra na junta até a primeira remissão.

Drogas hormonais podem causar complicações complexas. É muito importante observar corretamente o regime de tratamento e a dosagem do medicamento.

Inibidores

No complicado curso crônico da sinovite, são utilizados inibidores da proteólise. Os medicamentos desta classe podem retardar a degradação de proteínas, bem como reduzir a permeabilidade das células. Entre os medicamentos mais populares estão:

Inibidores da proteólise são utilizados na forma de injeções. As injeções devem ser feitas por um especialista. Para alcançar uma melhoria duradoura, você deve concluir o curso completo do tratamento. Um segundo curso pode ser realizado em alguns meses.

Antibióticos

Antibióticos são usados ​​para detectar uma infecção bacteriana. Os medicamentos podem ser usados ​​na forma de comprimidos ou injeções. O curso agudo da doença requer o uso de antibióticos poderosos. A escolha da droga depende dos resultados da punção. Na maioria das vezes, os médicos prescrevem:

Na maioria das vezes, gonococos e estreptococos penetram na membrana sinovial. Com o uso inadequado de agentes antibacterianos, a infecção se torna resistente.

O tipo de bactéria é determinado após a obtenção dos resultados da inoculação bacteriana do líquido sinovial. Durante o tratamento, é necessário destruir completamente a infecção, a fim de evitar a recidiva da doença.

Pomadas e géis

Os remédios locais são usados ​​até que os primeiros resultados da terapia apareçam. Com a ajuda de pomadas e géis, você pode aliviar a inflamação e a dor. São utilizados medicamentos da classe dos anti-inflamatórios não esteróides. Entre as opções mais populares estão:

A vantagem dos medicamentos locais é uma baixa taxa de absorção na circulação sistêmica. Apenas géis e pomadas podem ser aplicados por 4-8 semanas, sem consequências. Remédios locais podem ser combinados com fisioterapia. Por exemplo, a eletroforese pode proporcionar uma penetração mais profunda do medicamento.

Fisioterapia

Após remover a inflamação aguda da membrana sinovial, a fisioterapia pode começar. Somente um médico pode determinar o momento em que é mais apropriado usar a fisioterapia. Entre os métodos mais populares estão:

  • procedimentos na sala de fisioterapia são numerosos métodos de hardware baseados em efeitos físicos no corpo,
  • massagem
  • realizando exercícios do complexo de terapia por exercício.

A fisioterapia não só ajudará no tratamento, mas também evitará a recorrência de sinovite na articulação do joelho. Muitas vezes, eles são prescritos no outono ou primavera, durante o período da próxima exacerbação da doença.

Os efeitos fisioterapêuticos não substituem o tratamento medicamentoso. Ambos os tratamentos podem ser combinados com sucesso.

A fisioterapia permite restaurar a eficiência da articulação do joelho. Vale ressaltar que a terapia com exercícios começa a ser usada por último, quando a inflamação e a dor estão completamente ausentes. Os exercícios visam:

  • restauração da mobilidade articular,
  • prevenção de perda de massa muscular,
  • retorno à saúde.

Ao realizar exercícios, uma pessoa não deve estar cansada. Os movimentos mais simples são realizados (rotação, extensão e flexão da perna). Após uma longa remissão, você pode mudar para caminhar. A principal coisa na reabilitação com a ajuda da terapia por exercício é a regularidade e um aumento gradual das cargas.

Razões e mecanismo de desenvolvimento

Vale ressaltar que a sinovite do joelho não é uma doença independente. Isso é sempre uma consequência de processos patológicos. Como ocorre a nucleação da sinovite do joelho?

Para a mobilidade normal da articulação, a ausência de fricção e lubrificação das superfícies articulares pelas células da concha interna, é produzido um fluido. Normalmente, é produzido um pouco, mas com o desenvolvimento do processo inflamatório ou a influência de outros fatores, sua produção é significativamente aumentada. Como resultado disso, um derrame articular é formado. A inflamação articular surge, causa:

  • lesões (inchaços, contusões, luxações, fraturas, entorse ou danos no menisco, superfície da cartilagem),
  • infecções (estreptococos, estafilococos, pneumococos, treponema pálido, tuberculose),
  • desordem metabólica
  • doenças endócrinas
  • doenças articulares (artrite, artrose),
  • alergias
  • processos auto-imunes (reumatismo, artrite reumatóide),
  • doenças neurológicas (neurite, violação nervosa).

As infecções podem penetrar de várias maneiras: diretamente através de danos, de tecidos próximos (furúnculos, abcessos), com fluxo sanguíneo e linfático.

Descrição do produto

A sinovite da articulação do joelho e de outras articulações é uma doença baseada na violação das funções da membrana sinovial como resultado de inflamação. A superfície interna da bolsa articular é coberta com tecido conjuntivo, cuja superfície possui vilosidades. As células da casca sintetizam sinovial (líquido sinovial), o que melhora o deslizamento das superfícies articulares durante o movimento e fornece oxigênio e nutrientes aos tecidos articulares.

Para o funcionamento normal, a articulação contém 2-3 ml de secreção articular. No processo de sinovite, o joelho está completamente cheio de líquido. Isso se deve não apenas ao aumento da produção, mas também à perda da capacidade de reabsorver o excesso de efusão. Nesse caso, a composição e a consistência da sinóvia mudam. Torna-se viscoso e pode adquirir uma composição diferente, cuja natureza depende da causa da doença.

Ele se desenvolve não por causa de um micróbio, mas como resultado de:

    • lesões nas articulações
    • com distúrbios metabólicos,
    • hemofilia
    • alguns distúrbios endócrinos,
    • artrose, artrite (sinovite reativa).

O líquido formado na articulação com este tipo de sinovite é estéril (em contraste com o seu tipo infeccioso).

3. Alérgico

Desenvolve-se em resposta a qualquer doença infecciosa ou não infecciosa do corpo. Nesse caso, a membrana sinovial fica inflamada devido ao "bombardeio" excessivo de seus anticorpos ou outros produtos químicos formados no corpo. Esse tipo de sinovite se desenvolve naquelas pessoas cujas células da cápsula articular são hipersensíveis a certos produtos químicos endógenos.

Sinovite aguda do joelho

Para esta forma, sintomas pronunciados são característicos. A articulação após a exposição a um fator provocador pode aumentar de tamanho de algumas horas a vários dias.

Os sintomas dependem em grande parte do volume de efusão. Quanto mais, mais graves os sintomas. Sintomas de forma aguda:

  • aumento da articulação em tamanho,
  • sensação de plenitude
  • dor intensa ao se mover,
  • hiperemia e hipertermia,
  • aumento da temperatura corporal para indicadores febris.

Reativo

Esta é uma subespécie de sinovite alérgica que ocorre como resultado de:

  • irritação mecânica frequente da membrana sinovial (por exemplo, com ossos danificados da articulação ou de suas superfícies articulares),
  • como resposta à intoxicação geral resultante de uma patologia infecciosa ou não infecciosa.

Forma crônica de sinovite do joelho

Essa forma é caracterizada por um curso em forma de onda, alternando períodos de exacerbação e remissão. Os sintomas das convulsões são semelhantes aos da sinovite aguda do joelho.

Mais frequentemente, a causa do curso crônico da sinovite é a ausência ou tratamento inadequado da forma aguda, distúrbios circulatórios e nutricionais, alterações patológicas no funcionamento da articulação.

A forma crônica da sinovite do joelho raramente é diagnosticada, mas muitas vezes leva a complicações.

Os sintomas característicos de uma forma crônica de sinovite do joelho são:

  • dor, muitas vezes maçante,
  • restrição de mobilidade
  • fadiga ao caminhar,
  • ligeiro acúmulo de derrame,
  • luxações e subluxações frequentes.

A gravidade dos sintomas depende da gravidade das alterações patológicas, bem como da frequência dos ataques.

Um tipo de sinovite crônica ou moderada da articulação do joelho é vilonodular. Esta é uma patologia rara com sintomas graves. A sinovite vilonodular da articulação do joelho é caracterizada por um crescimento excessivo da membrana com a formação de conseqüências articulares, ocorre lesão secundária da membrana. Há dor e inchaço na articulação. A sinovite das vilosidades é tratada cirurgicamente.

Crônico

Nesse caso, a divisão da sinovite pela duração de seu curso é levada em consideração. A doença se desenvolve como resultado de sinovite aguda não tratada ou não tratada, especialmente se foi causada por um fator traumático que não foi eliminado posteriormente. A reatividade geral da membrana sinovial também desempenha um papel no desenvolvimento da doença. O diagnóstico inicial desta doença é difícil devido à escassez de suas manifestações clínicas. Mas seu curso negligenciado leva a uma violação da circulação sanguínea e linfática na articulação, o que leva a uma mudança em sua função e a uma deterioração na qualidade de vida.

Moderado

Ele leva em consideração a classificação de acordo com a gravidade das alterações inflamatórias na membrana sinovial.

Os sintomas da doença não são muito pronunciados:

  • a articulação não aumenta muito em volume,
  • movimentos nele, embora dolorosos, mas possíveis,
  • condição geral sofre, mas não significativamente.

Esse tipo de doença deve ser tratado com muito cuidado, pois tem tendência a recidivas e cronicidade.

Tipos e sintomas

De acordo com a etiologia de origem, são distinguidos 3 tipos de sinovite:

  • asséptico - não associado a uma infecção, ocorre em um contexto de trauma, metabolismo prejudicado etc.,
  • infeccioso - causado por agentes infecciosos específicos ou inespecíficos,
  • alérgico

As formas infecciosas são acompanhadas por um quadro clínico vívido. A temperatura corporal sobe para indicadores febris, os linfonodos inguinais aumentam, a mobilidade é limitada até a impossibilidade de realizar movimentos extensores de flexão e a dor é aguda. Aparecem sintomas de intoxicação geral (fraqueza, dor de cabeça, náusea e vômito). Sinovite moderadamente pronunciada da articulação do joelho com inflamação asséptica. Os sintomas neste caso são apagados, os sintomas aumentam dentro de algumas semanas. A dor, por via de regra, aparece apenas com o movimento.

Além disso, a sinovite é serosa (o efusão muda de cor de límpido para turvo), seroso-fibrosa (tem uma coloração amarela), hemorrágica (líquida com uma mistura de sangue) e purulenta (contém uma mistura de pus).

Variedades de acordo com a causa da ocorrência:

  • Sinovite reativa da articulação do joelho.Esta é uma forma alérgica, que também pode ocorrer com doenças do joelho (artrite, artrose). Os sintomas se desenvolvem em meio à exposição a um irritante mecânico ou tóxico. O tratamento da sinovite reativa do joelho deve ter como objetivo eliminar o alérgeno.
  • Sinovite pós-traumática da articulação do joelho. Causado por danos mecânicos no joelho. O tratamento da sinovite pós-traumática da articulação do joelho deve começar com a eliminação do processo inflamatório e a causa que o causou.
  • Sinovite exsudativa da articulação do joelho.É também uma consequência de uma lesão no joelho. A sinovite exsudativa da articulação do joelho é caracterizada pelo acúmulo de uma enorme quantidade de exsudato, o que leva ao desenvolvimento de inflamação. A conseqüência é o alongamento da bolsa articular, a severidade da dor mesmo em repouso.


Dependendo do número de articulações envolvidas no processo patológico, há sinovite bilateral e unilateral da articulação do joelho.

Independentemente da origem do processo inflamatório, os sintomas gerais são os seguintes:

  • dores maçantes que aparecem principalmente durante o movimento,
  • um aumento no tamanho da articulação do joelho,
  • inchaço, vermelhidão da pele,
  • diminuição da mobilidade da articulação e, em alguns casos, até sua imobilidade,
  • febre.

Para sinovite suprapatelar da articulação do joelho, é característico a derrota do saco suprapatelar (joelho superior). Uma característica da doença é inchaço e inchaço sobre a articulação.

Classificação

Na prática ortopédica, distinguem-se várias variedades de sinovite da articulação do joelho, que diferem em razões, duração e sinais morfológicos.

Dado o período de tempo durante o qual a doença acompanha o paciente:

  • Afiado - até 21 dias
  • crônico - mais de 1 mês

Pela composição do fluido que se acumula na articulação:

  1. Serous - com um exsudato transparente, que posteriormente adquire um tom amarelado. Aparece sem a influência de um fator infeccioso.
  2. Fibrinoso - Um segredo apertado com muito fibrinogênio. Na maioria das vezes aparece com infecções virais e fúngicas.
  3. Purulento - exsudato verde com odor fétido, sinaliza a penetração de bactérias piogênicas na cavidade articular.
  4. Misto - as formas combinadas são encontradas: seroso-fibrinosa, purulenta-fibrinosa.
  5. Hemorrágico - com um grande número de glóbulos vermelhos manchados de azul em rosa.

De acordo com a origem etiológica, existe a seguinte divisão:

  • Asséptico - sem a presença de bactérias patogênicas.
  • Infeccioso - causada por micróbios.
  • Pós-traumático - se desenvolve como resultado de lesão nas articulações.
  • Autoimune - quando ocorre agressão imune, é direcionada contra suas próprias células.
  • Metabólico - em violação de reações metabólicas.

Além disso, a doença é primária, cuja causa não pode ser estabelecida. Esse tipo é chamado de idiopática. Outra variedade é o resultado de danos aos tecidos articulares ou de um processo patológico - sinovite secundária da articulação do joelho.

Qual médico devo entrar em contato para sinovite da articulação do joelho?

Independentemente de sinovite leve ou grave, você precisa ir ao hospital. O tratamento é realizado por um artrologista, reumatologista, cirurgião ortopédico. Se a doença é causada por uma lesão, vale a pena visitar um traumatologista, surgindo no contexto de uma reação alérgica - um alergista, devido a um metabolismo prejudicado - um endocrinologista. Você também pode precisar consultar um especialista em doenças infecciosas, um hematologista. O terapeuta ajudará a determinar a escolha de um especialista ouvindo as reclamações.

Sintomatologia

Quando a sinovite da articulação do joelho aparece, os sintomas apresentam gravidade e variedade diferentes. Qualquer uma das formas da doença é acompanhada por sinais característicos da inflamação. O quadro clínico de cada espécie apresenta vários sintomas distintos.

A sinovite da articulação do joelho em uma criança e um adulto é acompanhada pelas seguintes manifestações:

  • Sintoma de dor ocorre em resposta à irritação dos receptores e à pressão de uma grande quantidade de líquido no tecido circundante. Nas formas serosas, a síndrome da dor é de natureza moderada, a sinovite purulenta leva a fortes dores latejantes.
  • Inchaço é o resultado do acúmulo de excesso de líquido nos tecidos periarticulares moles. Nas formas leves de inflamação, o joelho incha levemente; em casos graves, se desenvolve um inchaço grave.
  • Febre local sobre a articulação é um sintoma característico da inflamação. Quanto mais quente a articulação ao toque, mais ativamente se desenvolve a reação patológica.
  • Hiperemia indica anormalidades articulares internas. A pele pode mudar de cor e fica rosa pálido e, em alguns casos - roxo escuro.
  • Deformidade do joelho manifestado em um aumento na articulação e na aquisição da forma de uma bola. Esse fenômeno é explicado pelo preenchimento da cavidade da bolsa articular com líquido, o que cria pressão nas paredes da cápsula e as estica, suavizando as bordas.

A condição geral, como regra, não muda. Um aumento da temperatura corporal para valores subfebris pode acompanhar a sinovite fibrinosa. Quando uma infecção secundária se junta ou bactérias piogênicas entram na cavidade do saco, a clínica da doença muda:

  1. A dor se intensifica e adquire um caráter pulsante,
  2. o joelho está muito inchado e quente
  3. hiperemia leve dá lugar a vermelhidão grave,
  4. são observados sintomas de intoxicação geral - febre, dor de cabeça, fraqueza,
  5. movimentos na articulação do joelho são muito limitados, a extensão da articulação é quase impossível.

Possíveis complicações

Se não for realizado tratamento adequado para a sinovite da articulação do joelho ou forem feitas tentativas malsucedidas de terapia independente, desenvolvem-se condições secundárias que podem causar danos significativos à saúde:

  • Deformando a artrose (gonartrose) - degeneração secundária da cartilagem articular e do tecido ósseo,
  • sepse - infecção geral do sangue, desenvolve-se quando os microrganismos entram no leito vascular,
  • contratura - limitação da mobilidade articular devido ao encurtamento dos ligamentos do joelho,
  • anquilose - imobilidade da articulação do joelho.

Além disso, em alguns pacientes, ocorre o encurtamento de membros, devido ao qual a marcha muda, a claudicação aparece. Portanto, para evitar fenômenos irreversíveis, é necessário tratar adequadamente a sinovite da articulação do joelho.

Vypotnoy

A membrana sinovial, cobrindo a cavidade articular por dentro, é o local onde é sintetizado o fluido articular normal (chamado sinovial) que nutre a cartilagem articular. Com a inflamação ou irritação dessa membrana, as células reagem sintetizando mais líquido - um derrame aparece na articulação (pode haver uma quantidade diferente).

A sinovite exsudativa é geralmente uma variante de uma doença aguda, pois em um processo cronicamente contínuo, as células são esgotadas, resultando em menos líquido sinovial do que o necessário.

Purulento

Desenvolve-se como resultado da flora bacteriana que entra na cavidade sinovial. Isso pode acontecer como resultado de uma lesão ou com outra doença infecciosa (gonorréia, tuberculose, pneumonia, sepse). Este é o processo mais difícil. Requer o uso de antibioticoterapia:

  • no início - de um amplo espectro, após diagnóstico e pus para exame bacteriológico,
  • continua - de acordo com os resultados do tanque. semeadura e sensibilidade de um microrganismo a um certo tipo de antibiótico.

Villous

Uma das subespécies de sinovite crônica. O diagnóstico é por artroscopia (inserção do equipamento de vídeo na articulação). Nesse caso, você pode observar:

  • espessamento da camada externa da cápsula articular,
  • alterações cicatriciais aparecem nele,
  • as vilosidades da membrana sinovial crescem
  • A fibrina é depositada na membrana sinovial, que fica suspensa, como cistos, na cavidade articular.

Recorrente

Desenvolve-se principalmente com sinovite aguda não tratada. Se tal doença ocorrer com frequência, então:

  • acumula líquido na articulação (hidrartrose, hidropisia),
  • como resultado - aumento da pressão na membrana sinovial,
  • Como resultado, a membrana fica mais fina, aparecem alterações cicatriculares, e sua capacidade de absorver o líquido articular diminui acentuadamente.

Existe um "círculo vicioso".

Táticas de tratamento

A terapia da sinovite é realizada simultaneamente com o tratamento da patologia que causou o seu desenvolvimento. Portanto, pode ser necessário consultar um traumatologista, venereologista, especialista em doenças infecciosas, neurologista, gastroenterologista, endocrinologista.

Na sinovite aguda asséptica ou infecciosa, o paciente é hospitalizado. O médico com uma punção remove o exsudado acumulado e depois enxagua a cavidade articular com soluções de anti-sépticos, glicocorticosteróides ou antibióticos.

Depois de aplicar um curativo apertado, o tratamento é realizado no departamento, sob a supervisão de pessoal médico.

A terapia da sinovite lenta crônica é eliminar os fatores que a provocaram. O paciente é mostrado tomando medicamentos em casa.

A sinovite crônica recorrente, acompanhada de degeneração dos tecidos da cápsula articular, praticamente não é passível de terapia conservadora.

Durante a cirurgia, o médico retirou total ou parcialmente a membrana sinovial inflamada.

Terapia não medicamentosa

Para reduzir a gravidade da dor e evitar cargas excessivas no joelho lesionado, recomenda-se que os pacientes usem aparelhos ortopédicos. Com inflamação grave, são utilizadas órteses semi-rígidas, bandagens e rótulas com inserções de metal ou plástico.

Joelheira para fixação da articulação.

Para aliviar os sintomas da sinovite no estágio inicial, basta usar um curativo elástico macio que restrinja levemente os movimentos. Medidas fisioterapêuticas são necessariamente incluídas nos esquemas de tratamento:

Imediatamente após a interrupção do processo inflamatório, recomenda-se ao paciente a realização de exercícios especiais para melhorar o funcionamento das articulações. O complexo é compilado por um médico de fisioterapia, e as primeiras aulas são realizadas sob sua supervisão.

Preparações farmacológicas

A dor intensa decorrente da forma aguda de sinovite é eliminada pela administração parenteral de glicocorticosteróides - Diprospan, Triamcinolona, ​​Phlosterone, Dexametasona. Esses fármacos hormonais têm não apenas um efeito analgésico, mas também apresentam atividade antiexudativa e anti-inflamatória pronunciada.

Muitas vezes, eles não podem ser usados ​​devido a efeitos tóxicos no corpo humano; portanto, depois que a dor é enfraquecida, os glicocorticosteróides são substituídos por medicamentos anti-inflamatórios não esteróides:

  • pomadas, géis - Indometacina, Artrossileno, Voltaren, Fastum, Nimesulida,
  • comprimidos - Ibuprofeno, Nise, Cetorol, Nurofen, Cetoprofeno, Meloxicam,
  • soluções de injeção - Ortofen, Voltaren, Movalis, Diclofenac.
  • Aproximadamente 3-4 dias após o tratamento, após a interrupção da inflamação, recomenda-se aos pacientes o uso de pomadas com efeito de aquecimento (Finalgon, Kapsikam, Apizartron) para melhorar a circulação sanguínea no joelho.
  • Se ocorreram alterações destrutivas nas estruturas articulares, os condroprotetores (Structum, Arthra, Teraflex) que estimulam a regeneração dos tecidos danificados são incluídos nos esquemas terapêuticos.

O cumprimento de todas as recomendações médicas permite que você se livre rapidamente de todos os sintomas da sinovite. O prognóstico para uma recuperação completa é favorável. As complicações na forma de contraturas surgem apenas com um curso grave de sinovite purulenta. A busca atempada de assistência médica ajudará a evitar um desenvolvimento tão negativo dos eventos.

Sinovite da articulação do joelho o que é este tratamento de foto

A sinovite é um processo inflamatório da membrana sinovial. A inflamação ocorre apenas dentro da membrana e é expressa pela concentração de derrame inflamatório na cavidade da membrana.

As membranas revestidas das cavidades envolvidas no processo inflamatório podem ser:

  • Bolsa sinovial. Esta é uma pequena cavidade, alinhada com a membrana sinovial e delimitada pela cápsula.
  • Cavidades articulares
  • A bainha sinovial do tendão.

Como regra, ocorre sinovite crônica na articulação do cotovelo, bem como nas articulações do punho, tornozelo, articulação e joelho. As inflamações diferem, dependendo do curso clínico, em agudas e crônicas.

Sinovite crônica ocorre contra um fundo de espessamento da membrana fibrosa da cápsula articular. Esta condição forma fibrose - um selo de tecido conjuntivo com cicatrizes.

A sinovite crônica raramente é diagnosticada, seus sintomas podem ser diferentes.É formado em uma articulação, mas quando se desenvolve em poliartrite, as duas articulações são afetadas. O tipo crônico afeta mais frequentemente:

  1. joelho
  2. tornozelo
  3. pulseira
  4. articulação do carpo.

A sinovite pós-traumática da articulação do joelho é uma reação do corpo à deformação dos tecidos articulares ou danos à articulação. Nesse caso, a membrana sinovial forma um derrame na articulação. Razões adicionais:

  • movimento do corpo articular
  • danos ao menisco ou cartilagem.

A sinovite exsudativa é semelhante à sinovite pós-traumática. Este formulário se desenvolve quando a articulação é ferida. Característica distintiva: uma quantidade maior de precipitado no fluido articular, devido ao qual a articulação dói e aumenta muito de tamanho.

Dependendo das especificidades do processo inflamatório e do derrame, a medicina moderna distingue entre esses tipos:

  1. purulento
  2. hemorrágico
  3. seroso,
  4. fibrinoso seroso.

A sinovite pode ser moderada, ou seja, não apresenta sintomas pronunciados. A sinovite moderada é caracterizada por:

  • um ligeiro aumento na articulação,
  • a possibilidade de movimentos articulares.

Exsudativo

Na maioria das vezes, ocorre em resposta a uma lesão mecânica na articulação. Nesse caso, a membrana sinovial produz bastante líquido inflamatório (exsudato), rico em proteínas e várias células. Pela natureza deste fluido, emita-se:

  • sinovite serosa,
  • fibrinoso seroso (também chamado adesivo),
  • sinovite purulenta,
  • hemorrágico.

Pronunciado

Isso caracteriza a gravidade das alterações inflamatórias na articulação de acordo com estudos adicionais: ressonância magnética, ultrassonografia e artroscopia. Nesse caso, geralmente os sintomas são pronunciados:

  • a articulação está inchada
  • a pele está esticada sobre ele
  • a pele pode ficar avermelhada,
  • os movimentos são significativamente impedidos.

Terapia não medicamentosa

Para reduzir a gravidade da dor e evitar cargas excessivas no joelho lesionado, recomenda-se que os pacientes usem aparelhos ortopédicos. Com inflamação grave, são utilizadas órteses semi-rígidas, bandagens e rótulas com inserções de metal ou plástico.

Para aliviar os sintomas da sinovite no estágio inicial, basta usar um curativo elástico macio que restrinja levemente os movimentos. Medidas fisioterapêuticas são necessariamente incluídas nos esquemas de tratamento:

  • magnetoterapia
  • eletroforese, fonoforese utilizando soluções de anestésicos, analgésicos, condroprotetores,
  • terapia a laser
  • Terapia UHF
  • correntes moduladas sinusoidais
  • aplicações com ozocerite, parafina, lama terapêutica.

Imediatamente após a interrupção do processo inflamatório, recomenda-se ao paciente a realização de exercícios especiais para melhorar o funcionamento das articulações. O complexo é compilado por um médico de fisioterapia, e as primeiras aulas são realizadas sob sua supervisão.

Causas da sinovite

Os grupos de sinovite são divididos devido ao aparecimento de:

Causas da sinovite infecciosa: a entrada de patógenos na membrana sinovial. Os microrganismos entram lá do lado de fora, bem como pela via linfogênica e hematogênica:

  • sinovite inespecífica ocorre devido a microrganismos patogênicos que causam inflamação inespecífica na membrana sinovial: pneumococos, estafilococos, estreptococos,
  • sinovite específica ocorre devido a microorganismos patogênicos que causam inflamação na membrana sinovial.

Causas da sinovite asséptica:

  1. lesões mecânicas da articulação,
  2. hemofilia
  3. distúrbios metabólicos
  4. distúrbios endócrinos.

A sinovite alérgica, por exemplo, sinovite reativa, aparece devido à exposição da membrana sinovial a alérgenos infecciosos e não infecciosos. A sinovite reativa é uma forma alérgica da doença. Na maioria das vezes, nesse caso, a articulação do joelho sofre. Sinovite reativa afeta pessoas, jovens e idosos.

O que é isso

A sinovite da articulação do joelho é um processo de inflamação da membrana sinovial da articulação, que é acompanhada por um aumento na produção de líquido sinovial. A inflamação pode ser diferente por suas razões, curso, complicações e métodos de fluxo. Às vezes, a sinovite vem sem deixar vestígios, mas em alguns casos é preciso um longo tratamento, cirurgia e reabilitação subsequente.

Sintomas de sinovite

A exsudação começa a se acumular na cavidade articular, o que é especialmente evidente na articulação do joelho, pois se manifesta como um sintoma da votação da patela.

Esse sintoma é caracterizado pelo fato de que, com uma perna esticada, a pressão na patela leva à sua entrada na cavidade articular e até o osso. Depois que a pressão é interrompida, a patela aparece.

Causas de ocorrência

Pode provocar inflamação da membrana sinovial:

  1. Lesões que resultam em irritação constante do revestimento interno da articulação com pedaços de cartilagem ou menisco danificado.
  2. Infecções que penetram na cavidade articular do ambiente externo (quando lesionado) ou de tecidos vizinhos (na presença de fleuma, abscessos, feridas, abrasões, furúnculos, etc.). Além disso, os patógenos podem entrar na articulação a partir de focos remotos de infecção com o fluxo de linfa ou sangue.
  3. Patologias congênitas e adquiridas dos tecidos articulares e periarticulares. Eles levam ao desenvolvimento de sinovite por várias razões. Por exemplo, com artrite reumatóide ou reumatismo, a doença se desenvolve sob a ação de anticorpos que afetam a membrana sinovial e com artrose - devido à irritação da membrana pela cartilagem, que perdeu sua superfície lisa ou pelo crescimento ósseo.
  4. Doenças autoimunes (lúpus eritematoso, artrite reumatóide). O sistema imunológico percebe a camada interna da articulação como um agente estranho e os anticorpos começam gradualmente a destruí-la.
  5. Desordem metabólica. Essa causa causa sinovite, porque produtos metabólicos que irritam a membrana se acumulam na cavidade articular.
  6. Reações alérgicas. Quando penetrados na cápsula articular, os alérgenos são percebidos como antígenos perigosos, e o sistema imunológico começa a produzir anticorpos, resultando em inflamação, acompanhada por formação excessiva de líquido sinovial.
  7. Doenças endócrinas. As interrupções hormonais levam ao fato de que o líquido sinovial começa a ser produzido em grandes quantidades. Por esse motivo, desenvolve-se uma inflamação do revestimento interno da articulação.
  8. Hemofilia. Com esta doença, hemorragias constantes ocorrem na cavidade articular, o que causa inflamação.
  9. Doenças do sistema nervoso. Estresses graves, beliscões ou danos aos nervos durante a escoliose, neoplasias ou fraturas, bem como neurite periférica, levam à ocorrência.

Existem 2 estágios observados durante o curso da doença:

  1. Sharp. Os sintomas são progressivos: inchaço, dor, vermelhidão se intensificam durante os primeiros dias.
  2. Crônico (recorrente). Observa-se na ausência de um tratamento adequado e oportuno da doença, o principal sintoma da sinovite crônica é hidropisia e dor leve periódica.

Sintomas de forma aguda

A sinovite aguda das articulações do joelho pode ser acompanhada de dor intensa. Portanto, se houver suspeita de uma forma infecciosa da doença, é extremamente importante consultar um médico o mais rápido possível, que identificará o agente causador da infecção e prescreverá a terapia necessária.

Sintomas que acompanham uma forma purulenta aguda:

  • a articulação é ampliada
  • febre
  • condição geral é caracterizada por fraqueza e náusea,
  • há dor durante a flexão-extensão da perna,
  • há vermelhidão na área do joelho, que é quente à palpação.

A doença com infecção piogênica é especialmente aguda.Bactérias patogênicas freqüentemente penetram na cavidade articular junto com o fluxo sanguíneo ou através de feridas abertas. O sangue acumulado, pus e líquido articular tornam-se a causa do alongamento da bolsa articular, que causa dor.

Sinais de uma forma não infecciosa da doença

Os principais sintomas de um tipo asséptico de doença são o aumento do volume da articulação do joelho e a ausência de dor. Esse fenômeno é causado pelo fato de que o líquido sinovial localizado na bolsa articular durante a irritação da membrana sinovial aumenta dramaticamente em literalmente algumas horas. O inchaço resultante na articulação do joelho impede o movimento livre.

Os sintomas do tipo asséptico têm a seguinte forma:

  • um aumento no volume ocorre de várias horas a 1-2 dias,
  • a área afetada não tem alta temperatura,
  • ao pressionar a patela, afunda na articulação, após o que reaparece,
  • fraqueza geral.

Sinovite da articulação do joelho direito

Na sinovite purulenta aguda, há uma manifestação bastante vívida dos sintomas da doença. Podemos dizer que, neste caso, os sintomas são mais indicativos do que com sinovite serosa.

A sinovite purulenta é caracterizada pelas seguintes condições:

  • condição insatisfatória geral do paciente,
  • saltos agudos de fraqueza,
  • calafrios
  • alta temperatura corporal
  • em alguns casos, o aparecimento de delirium.

Há uma suavidade dos contornos da articulação doente, vermelhidão da pele acima da articulação, além de dor e movimento limitado aparente.

Em alguns casos, a contratura pode aparecer, ou seja, uma restrição na articulação dos movimentos passivos. Sinovite purulenta, entre outras coisas, pode ser acompanhada por linfadenite regional. Este é um aumento nos linfonodos devido ao processo inflamatório.

Observação: se a sinovite purulenta aguda não estiver completamente curada, é provável que haja recidiva.

No primeiro estágio da forma crônica da sinovite serosa, são observadas manifestações clínicas pronunciadas. Os pacientes se queixam de:

  • fadiga
  • cansaço ao caminhar
  • restrição de movimento em uma articulação dolorida,
  • o aparecimento de dores doloridas.

Na cavidade articular, inicia-se o acúmulo de grandes volumes de derrame, que se transformam em hidropisia da articulação. Com a prolongada existência de hidropisia, os ligamentos da articulação são alongados, levando à sua frouxidão, subluxação e, algumas vezes, luxação.

Sinais de uma forma crônica

A sinovite crônica é o resultado do tratamento de uma forma aguda de patologia e é caracterizada por sintomas contundentes. Manifestações dolorosas são de pouca preocupação para o paciente. O joelho apresenta um ligeiro inchaço, a vermelhidão está ausente, há uma leve dor ao dobrar e caminhar.

A forma crônica de sinovite pode ser reconhecida pelos seguintes sinais:

  • A articulação frequentemente tritura, observam-se micro-luxações regulares.
  • Caminhadas longas são impossíveis, pois aumenta a fadiga das pernas.
  • A articulação tem mobilidade limitada.

Na forma crônica, não há sintomas como febre ou febre. Reumatismo não curado, reações alérgicas, gota podem levar à inflamação.

Todos os anos, o acúmulo de efusão no interior da articulação do joelho acelera gradualmente o desenvolvimento do processo inflamatório. O paciente apresenta sinais de hidrartrose (hidropisia) e são observadas alterações patológicas no próprio aparelho ligamentar.

Complicações da sinovite

  • A artrite expressa purulenta se desenvolve com a formação de um processo purulento ativo, causado por sinovite purulenta aguda.
  • O flegmão de tecidos moles e a periartrite aparecem quando o processo purulento passa da cavidade sinovial para os tecidos ao redor da articulação, com sinovite purulenta aguda.
  • Fleuma, artrite purulenta e periartrite têm manifestações locais:
  • área articular aumenta significativamente,
  • inchaço do tecido é observado
  • a pele sobre a articulação fica rapidamente vermelha.

A panartrite é formada quando o processo purulento afeta a cartilagem, os ligamentos da articulação e o osso.

Como tratar a sinovite reativa

O tratamento da sinovite serosa aguda deve ser realizado com a imobilização inicial do membro com um pneu de gesso. Como tratar a sinovite na fase inicial:

  • Terapia UHF
  • Irradiação UV
  • eletroforese com novocaína,
  • o aquecimento comprime com uma solução de dimexido.

Se a sinovite estiver vazando seriamente, o médico prescreverá:

  1. eletroforese com lidase,
  2. eletroforese com iodeto de potássio,
  3. fonoforese com glicocorticosteróides.

Se a doença prosseguir com facilidade e os sintomas não forem impressionantes, o tratamento da sinovite envolve apenas a imobilização do membro e o curativo apertado da articulação, até o desaparecimento completo do derrame na cavidade articular e o desaparecimento de alterações inflamatórias nos tecidos moles próximos à articulação.

O tratamento da sinovite não pode prescindir da fisioterapia. Por exemplo, a fisioterapia para artrose da articulação do joelho se provou bem.

Punção do joelho

A sinovite purulenta aguda necessita desse tratamento, onde é dada atenção especial para garantir a melhor imobilização do membro afetado com um pneu de gesso ou curativo.

Também é importante realizar antibioticoterapia geral e local séria. O pus é removido da cavidade articular por punção, após o qual são injetados antibióticos do espectro de ação geral, novocaína e hidrocortisona na cavidade, este é o tratamento de sinovite desse tipo.

Além disso, é importante usar lavagens contínuas de aspiração de fluxo contínuo da cavidade articular com soluções antibióticas não concentradas. Essas ações são executadas usando dois drenos finos.

No curso grave da sinovite purulenta, é indicada a abertura e a drenagem da cavidade articular.

O tratamento da sinovite seroso-fibrinosa ou serosa consiste nas seguintes etapas:

  1. fornecer o resto do membro afetado,
  2. punção articular
  3. procedimentos fisioterapêuticos: aplicações em parafina, eletrificação.

É importante identificar e tratar o distúrbio subjacente que desencadeou o aparecimento e os sintomas da sinovite crônica.

Em casos avançados, é necessário realizar intervenção cirúrgica usando sinovectomia. A operação pode consistir em excisão completa ou parcial da membrana sinovial da cápsula articular.

Massagem

A massagem é realizada para eliminar o derrame o mais rápido possível. É quase impossível realizar independentemente as ações necessárias. É necessário que a massagem seja realizada por um especialista. A duração do procedimento é de 10 a 15 minutos. O curso do tratamento é de 7 a 10 dias. A massagem é prescrita durante a remissão para manter e melhorar os resultados do tratamento. As pessoas observam que, após uma massagem adequada, o edema é aliviado e a dor desaparece. Os procedimentos devem ser realizados no escritório de um massagista qualificado. Ao entrar em contato com um especialista particular, você deve primeiro se interessar pelas qualificações dele.

Hirudoterapia

Após alcançar a remissão ou com um curso lento de sinovite, a hirudoterapia pode ser usada. A exposição a sanguessugas permite alcançar os seguintes resultados:

  • alívio da dor
  • efeito imunomodulador
  • aliviar a inflamação.

O hirudin, que é injetado com sanguessugas, pode ajudar, mesmo quando as drogas são impotentes. Para maximizar o efeito do procedimento, você deve usá-lo junto com os medicamentos.

Antes da hirudoterapia, é necessário ler atentamente as contra-indicações do procedimento. Você pode usar sanguessugas apenas com um curso lento de sinovite da articulação do joelho.

Prognóstico do tratamento de sinovite

O prognóstico da sinovite depende em grande parte das características do patógeno e do estado do corpo.

A recuperação completa envolve a manutenção do movimento na articulação.Os médicos dão um prognóstico tão positivo para sinovite alérgica e serosa. Em relação a outras formas da doença, rigidez ou imobilidade completa da articulação podem aparecer.

Se a sinovite purulenta aguda se desenvolver de forma severa, a probabilidade de sepse é alta; no conjunto, tudo isso geralmente cria uma ameaça de morte para o paciente.

Diet

A dieta não é a base para o tratamento da sinovite do joelho, mas pode complementá-la. Com qualquer doença, o corpo começa a precisar de mais vitaminas e minerais. Para que a junta se recupere o mais rápido possível, é necessário:

  • comer fracionariamente (pelo menos 4 vezes por dia),
  • use suplementos vitamínicos
  • eliminar maus hábitos.

É o suficiente para comer alimentos saudáveis. Contar calorias não é necessário. Uma dieta equilibrada permitirá que o sistema imunológico suprima a inflamação. Para não piorar a situação, é necessário excluir todos os maus hábitos, pelo menos durante o tratamento da sinovite.

Cirurgia

O tratamento cirúrgico é uma medida extrema no tratamento da sinovite. É utilizado no curso crônico da doença quando não é passível de terapia. Além disso, a cirurgia é usada no caso de processos irreversíveis na membrana sinovial. Após o tratamento cirúrgico, a terapia conservadora com medicamentos continua. Para se livrar da sinovite do joelho, os médicos usam métodos de intervenção minimamente invasivos, para que a recuperação ocorra o mais rápido possível, geralmente sem reabilitação prolongada.

Operação

A operação clássica visa a remoção completa ou parcial da membrana sinovial. Os médicos tentam manter a área afetada ao máximo. A articulação do joelho é aberta através de uma pequena incisão. Depois disso, as manipulações necessárias são executadas. Após a cirurgia, a reabilitação leva cerca de 7 dias. Em seguida, você precisará continuar sendo observado pelo seu médico. A cirurgia termina com uma cura completa se uma pessoa segue todas as recomendações de um especialista.

Antes da cirurgia, você deve tentar se livrar da doença de maneira conservadora.

Endopróteses

O método endoprotético é uma substituição completa das partes afetadas da articulação por próteses. Isso permite que você se livrar permanentemente da sinovite. O implante é realizado se a inflamação da membrana sinovial levar a consequências irreversíveis e causar sérios danos à articulação. Uma prótese articular é feita de materiais que não são repelidos pelo organismo. Os métodos modernos de artroplastia permitem que você esqueça o problema por um longo período de tempo. A vida útil de uma junta artificial é de 15 a 30 anos.

Métodos populares

No tratamento da sinovite, métodos alternativos de tratamento podem ser usados. Entre as receitas mais eficazes estão:

  1. Compressa de sal - adicione 1 colher de sopa de sal em 1 litro de água quente fervida. Depois disso, o líquido precisará ser umedecido em uma toalha e aplicado na articulação afetada.
  2. Infusão de folha de louro - compre uma folha de louro em uma loja ou farmácia, adicione 10 a 15 folhas em 200 ml de água. Ferva por 5 minutos e deixe fermentar por 3 horas. A infusão é usada uma vez ao dia. O curso do tratamento é de 3 dias. Sempre que você precisar preparar uma nova infusão. A folha de louro contém muitas substâncias benéficas e também estimula o sistema imunológico a combater infecções.

Também durante o tratamento da doença, você pode fazer compressas frias e quentes na área afetada, se não houver exsudato purulento.

No curso agudo da doença, é melhor fazer uma escolha em favor dos métodos médicos de tratamento. Métodos alternativos funcionam bem durante a remissão e entre os cursos de medicamentos de farmácia.

Recursos de reabilitação

Depois de se livrar da inflamação e da dor, é necessário se submeter a reabilitação.O mais importante é não se apressar para voltar ao seu modo de vida habitual. Com reabilitação inadequada, pode ocorrer uma recidiva de sinovite. Entre os recursos do período de recuperação estão:

  • eliminação de cargas estáticas e pesadas,
  • restauração da mobilidade articular,
  • adicionando exercícios do complexo de terapia por exercício.

A sinovite geralmente leva a uma diminuição da flexibilidade dos ligamentos e da atrofia muscular. Você precisa começar a se recuperar lentamente. Durante o período de reabilitação, os procedimentos de massagem e fisioterapia ajudarão. Uma doença é considerada curada apenas na ausência de queixas em uma pessoa e desvios durante um exame de hardware.

Sintomas principais

Se falamos de sinovite como consequência de uma lesão ou impacto externo no joelho, os primeiros sintomas podem aparecer apenas após algumas horas, dias ou até uma semana. Você deve prestar atenção a isso ao determinar a causa da sinovite.

O primeiro sinal da doença é um aumento no volume da articulação devido ao acúmulo de líquido na bolsa articular. Há uma suavização dos contornos do joelho, seu arredondamento e, como resultado, deformação. Com a sinovite, a articulação do joelho aumenta levemente em volume, o que torna possível diferenciá-la da hemartrose (uma doença infantil que consiste no acúmulo de sangue na articulação).

O segundo sintoma é a mobilidade limitada. O fluido se acumula no joelho, aumentando seu volume e dificultando o trabalho normal. Nesse caso, pode ocorrer dor. No entanto, isso não acontece em todos os casos. A natureza da dor é monótona, dolorida, baixa e média intensidade. A cor do joelho permanece inalterada, nenhum aumento de temperatura é observado.

Separadamente, é necessário destacar os sinais de sinovite purulenta. Eles são fundamentalmente diferentes de outros tipos de doenças.

No joelho, há uma dor aguda de natureza pulsante. O joelho parece estar estourando com uma abundância de efusão. A cor da articulação do joelho fica vermelha brilhante, é observado um aumento de temperatura.

O volume da articulação aumenta significativamente, a pele fica esticada e brilhante. Talvez até o aparecimento de cianose.

Os movimentos são extremamente dolorosos, há sinais de febre e envenenamento infeccioso geral do corpo.

Para esclarecer o diagnóstico, é necessário levar líquido periarticular para análise. É examinado quanto a infecções, verificado quanto à transparência, presença de proteínas e glóbulos vermelhos. Após a punção, o especialista pode fazer um diagnóstico preciso, concentrando-se nas indicações de derrame.

Construções ortopédicas

O estágio inicial de recuperação pode ocorrer usando ataduras e joelheiras. Projetos ortopédicos são selecionados individualmente. Você precisa comprá-los em lojas especializadas. Eles ajudarão a reduzir a carga na junta. Uma pessoa raramente pode se dar ao luxo de ficar sem movimento por um longo tempo. Quando a sinovite carrega no joelho em um determinado estágio pode ser indesejável. Para não prejudicar o corpo, é necessário o uso de estruturas ortopédicas. Depois de se livrar completamente da inflamação, a necessidade de ataduras está praticamente ausente.

Sinovite mínima do joelho

Pode ser indolor. Não há inflamação pronunciada, o desconforto se manifesta na forma de puxar sensações. A temperatura está dentro dos limites normais. Sensações dolorosas aparecem apenas na palpação da articulação afetada. Determinar a doença por conta própria é bastante difícil, e esse é um dos perigos - a sinovite mínima pode fluir para crônica.

Recomendações gerais

Durante a reabilitação, você deve seguir as seguintes regras:

  • use aditivos fortificantes,
  • levar um estilo de vida saudável
  • tente evitar sobrecarregar a articulação do joelho,
  • tratar doenças infecciosas e lesões a tempo
  • monitore sua própria saúde.

É necessário evitar fatores que podem desencadear uma recidiva de sinovite.Se houver doenças crônicas que podem causar inflamação da membrana sinovial, é necessário realizar o tratamento. Após uma cura bem-sucedida, você deve passar regularmente por um exame de rotina no hospital.

O período de recuperação para cada pessoa passa individualmente. Quanto mais jovem a pessoa, mais rápido a articulação se recuperará.

Ginástica

Durante a reabilitação, os exercícios são retirados de um complexo de exercícios terapêuticos. Um complexo específico é um médico. Geralmente, os seguintes exercícios estão presentes nele:

  • flexão da perna afetada enquanto está deitado,
  • levantando uma perna dobrada com fixação no ar.

Todas as ações devem ser executadas sem problemas e tecnicamente corretamente. Se houver dor, você deve interromper o exercício. O médico não deve apenas escolher o complexo apropriado de exercícios terapêuticos, mas também mostrar como executar corretamente todas as ações. As primeiras aulas devem ser realizadas exclusivamente sob a supervisão do médico assistente.

Princípios gerais para o tratamento da sinovite

O tratamento da articulação do joelho é prescrito após um exame e diagnóstico completos. O método de terapia depende do tipo de inflamação, do estágio de desenvolvimento da sinovite da articulação do joelho e das características individuais do corpo.

Na maioria das vezes, uma abordagem integrada é usada, o que implica:

  • punção
  • imobilização de uma articulação danificada,
  • tomando medicamentos
  • fisioterapia
  • uso da medicina tradicional.

Se métodos conservadores de tratamento da sinovite da articulação do joelho não produzem o resultado adequado, é utilizada a cirurgia.

Sinovite aguda do joelho

A forma aguda da doença da articulação do joelho é acompanhada por dor intensa e dificuldade no funcionamento normal do membro. Na sinovite aguda, é freqüentemente observado o aparecimento de uma infecção purulenta, acompanhada de inflamação grave da articulação e febre.

Se você suspeitar de uma infecção, deve consultar urgentemente um especialista que prescreverá o tratamento necessário.

Sinovite secundária do joelho

Este tipo de sinovite é observado em pessoas com diagnóstico de artrite, artrose, osteoartrite. Com essas doenças, uma carga específica recai sobre a articulação, o que leva à sua deformação e ao acúmulo de efusão.

Uma característica da sinovite secundária da articulação do joelho é sua repetibilidade. Deformação do joelho, dor de puxar, dificuldade de movimentação e inchaço - todos os sintomas ocorrem e desaparecem dentro de 3-7 dias. Todos os sinais da doença desaparecem e retornam novamente após 2-3 meses.

Como tratar a sinovite reumatóide e psoriática

Essa sinovite se desenvolve no contexto da artrite reumatóide. Portanto, para eliminar seus sintomas, é necessário tratar a doença subjacente. A terapia deve ser realizada de forma abrangente e incluir os seguintes elementos:

  1. Agentes condroprotetores - usados ​​para preservar os tecidos da articulação do joelho. Um medicamento eficaz e barato nesse grupo é a condroitina.
  2. Tratamento anti-inflamatório - se houver um bom efeito dos AINEs, você pode limitar-se ao uso regular desses medicamentos, em combinação com o omeprazol. Se ineficaz, o médico prescreve hormônios (prednisona, hidrocortisona e assim por diante), calculando a dose individualmente.
  3. Reduzir a carga na articulação afetada - também reduz a dor. A descarga da articulação do joelho pode ser feita recomendando-se que o paciente use uma bengala ao caminhar.
  4. Fisioterapia - procedimentos analgésicos direcionados à área afetada. Permitiu o uso de qualquer metodologia: terapia UHF, foto e magnetoterapia, galvanização.

O tratamento deve ser realizado por um reumatologista. Não é recomendado o tratamento independente dessa forma de sinovite.

As especificidades do tratamento da sinovite do joelho em crianças

O tratamento da sinovite do joelho em crianças é realizado usando os mesmos princípios que em adultos.Existem algumas nuances que precisam ser levadas em consideração. Em primeiro lugar, você não pode deixar a doença entrar em uma condição crônica. Quanto maior a inflamação da membrana sinovial, maior a chance de consequências irreversíveis. Em segundo lugar, você precisa diagnosticar corretamente a doença. Sinovite na infância é extremamente rara. É necessário encontrar a razão para tal desvio e se livrar dele. Para crianças, a dose de todos os medicamentos deve ser reduzida. Na infância, é aconselhável evitar o uso de hormônios.

Prognóstico para recuperação

O prognóstico depende das características individuais da pessoa e do momento em que ele pediu ajuda. Se for detectado inchaço prolongado do joelho e dor, entre em contato imediatamente com um clínico geral ou ortopedista. O diagnóstico adequado determinará a doença e escolherá o regime de tratamento correto. A sinovite asséptica aguda é quase sempre imediatamente eliminada com a ajuda de medicamentos, após o que geralmente não há conseqüências da patologia. As doenças infecciosas requerem uma abordagem mais séria. Para eliminar danos crônicos, você precisará usar toda uma gama de ações. Na ausência de resultados no tratamento, você precisa tomar medidas extremas e executar a operação.

Não demora com uma visita a um médico. Sinovite infecciosa pode levar a sepse geral e morte.

Terapia para sinovite viloso-nodular

Esta forma de sinovite é inerentemente um tumor benigno. A opção de tratamento mais eficaz será a remoção da educação. Para isso, as operações artroscópicas estão em andamento:

  • faça duas pequenas incisões de 1-2 cm,
  • eles removem o tumor,
  • após o procedimento, as incisões são suturadas,
  • injetar ferramentas na junta. Um deles é uma câmera com lanterna e o segundo é uma faca elétrica ou uma pinça.

Complicações após essas manipulações são muito raras. Eles não requerem hospitalização prolongada - em média, um paciente permanece no hospital por 4-7 dias.

Terapia de sinovite não infecciosa (com osteoartrose)

A sinovite que ocorre no contexto da osteoartrite requer uma abordagem especial ao tratamento. Os AINEs são usados ​​como terapia principal. No entanto, isso não é suficiente. Para impedir o re-desenvolvimento da sinovite, é necessário melhorar o suprimento de sangue para a articulação. A maneira mais fácil de fazer isso é com a fisioterapia, que pode ser iniciada a partir do primeiro dia da doença.

Tratamento cirúrgico

No caso de tratamento medicamentoso ineficaz, a artroscopia é feita para obter informações mais completas sobre a patologia - um procedimento cirúrgico com mínima interferência no corpo. Usando um artroscópio, o médico esclarece a condição dos tecidos da bolsa articular e esclarece o diagnóstico (excluindo ou confirmando outras doenças: artrite gotosa, artrose deformada e outras). Se necessário, é realizada uma biópsia do tecido alterado da membrana sinovial.

A artroscopia também pode ser usada para tratar a sinovite: após o tratamento com medicamentos da cavidade articular por dentro, o edema diminui e, em seguida, é possível o uso de medicamentos convencionais.

A sinovite crônica da articulação do joelho com recidivas frequentes e sintomas duradouros, bem como alterações pronunciadas na membrana sinovial (com crescimentos semelhantes a tumores) são indicações para uma sinovectomia (remoção completa ou parcial do tecido alterado). No pós-operatório, são prescritos antibióticos e analgésicos, fisioterapia (desde o primeiro dia). A imobilidade articular é fornecida por uma semana, mas a caminhada é permitida a partir do segundo dia após a cirurgia.

Após artroscopia, cirurgia articular ou tratamento conservador, recomenda-se realizar um conjunto de exercícios para a rápida restauração das funções dos membros (iniciar as aulas no horário indicado pelo médico):

  1. Deite-se de costas, após o que produz flexão e extensão incompletas do joelho (10 vezes).
  2. Na posição prona, aperte embaixo do joelho qualquer objeto plano com até 10 cm de espessura (10 vezes).
  3. Em qualquer posição, tensione os músculos da coxa e da perna (5-6 vezes).
  4. Deite-se de costas, levante lentamente a perna reta a 40 cm do chão e abaixe-a (10 vezes).
  5. Deite-se de lado, do lado oposto da perna afetada e levante a perna afetada (5 vezes).
  6. Sente-se em uma cadeira e levante levemente uma perna dolorida com uma carga amarrada de 1 kg (5 vezes) acima da superfície do chão.
  7. De pé sobre a perna afetada, sente-se e gire com a segunda perna (1 minuto).

Após a estabilização, recomenda-se fazer caminhadas de 500 a 600 metros várias vezes por semana em velocidade lenta, além de exercitar-se em uma bicicleta ergométrica.

Complicações e prognóstico

O prognóstico é grave com sinovite séptica purulenta e secundária. As complicações podem ser panartrite purulenta, fleuma com lesões de cartilagem e ossos. No caso de sinovite reativa, o prognóstico é favorável.

A sinovite da articulação do joelho, cujos sintomas e tratamento foram examinados, é uma doença relativamente comum. Muitas vezes, é um processo secundário, uma complicação da artrite. Portanto, qualquer dor, desconforto durante o movimento ou inchaço deve ser controlado.

Se dentro de alguns dias os sintomas não desaparecerem, você deverá consultar um médico.

Medicamentos

Ao prescrever preparações farmacológicas, os sintomas são levados em consideração e o tratamento é elaborado para aliviar a condição do paciente:

  1. Anti-inflamatórios não esteróidescomo agente analgésico e anti-inflamatório - Indometacina, Diclofenaco,
  2. antibióticos para sinovite da articulação do joelho destruir o patógeno - Eritromicina, Ampicilina,
  3. drogas diuréticas com inchaço grave - Furosemida, Diuver,
  4. na ausência de efeito analgésico dos AINEsglicocorticosteróides são prescritos - Dexametasona, Prednisona,
  5. condroprotetorespara parar reações que destroem a articulação - Don, Structum.

Fisioterapia

Quando há um período agudo de sinovite na articulação do joelho, é realizado um tratamento de reabilitação que, de acordo com as revisões, promove rápida recuperação.

Com a sinovite, os seguintes métodos são eficazes:

  • Magnetoterapia
  • eletroforese
  • UHF
  • terapia a laser
  • exposição ao ultra-som.

Cada um dos métodos é realizado em cursos, durante os quais há uma melhoria na microcirculação sanguínea, nutrição tecidual e regeneração de áreas danificadas.

Modo ortopédico

Nos primeiros dias do início da doença, recomenda-se observar o repouso no leito, a forma de tratamento é determinada de acordo com os sintomas e o tratamento é realizado limitando a carga na articulação doente. Se necessário, o movimento independente de uma articulação dolorida coloca uma órtese de fixação rígida. A joelheira segura a articulação com segurança e alivia durante o movimento. Se uma pessoa está mentindo, ela não precisa de uma joelheira.

Além do produto ortopédico, muletas ou andadores são usados ​​para se mover. A sinovite do joelho não deve ser exercida durante o período de tratamento, com atividade física exantema, as ações terapêuticas realizadas podem ser reduzidas a zero, o que é confirmado pelas revisões.

Conclusão

A patologia inflamatória é uma condição multifatorial que se desenvolve por várias razões. Na maioria dos casos, a sinovite da articulação do joelho responde bem ao tratamento e tem um prognóstico favorável de recuperação total, como evidenciado por inúmeras revisões. Portanto, quando os primeiros sintomas aparecerem, é aconselhável consultar imediatamente um médico para obter recuperação no menor tempo possível.

Sinovite pós-traumática do joelho

Como o nome indica, esta é uma forma de sinovite resultante de lesão nas articulações.Choque, contusão, queda - o quadro mais comum da ocorrência de sinovite pós-traumática. Isso também inclui danos no menisco, lágrimas e entorses, luxações, fraturas.

Para sinovite pós-traumática, sinais pronunciados de doença articular são característicos. Há inchaço, dor aguda e febre. Os contornos do joelho são suavizados, os movimentos causam dor aguda.

Atenção especial no tratamento deve ser dada à restauração da integridade dos danos nas articulações. Sinovite pós-traumática também pode ocorrer devido a lesões crônicas. Neste caso, procede como uma sinovite moderada.

Transitório

Mais comum em crianças de 1,5 a 15 anos. É caracterizada pelo rápido desenvolvimento dos sintomas, passa dentro de duas semanas. Se a doença não começar a ser tratada a tempo, a criança ficará mole. Razões prováveis:

  • doenças bacterianas do trato respiratório e da cavidade oral (amigdalite, faringite),
  • com lesão articular
  • com caminhada prolongada.

Possíveis consequências e complicações

As complicações se desenvolvem principalmente com sinovite purulenta. As complicações incluem:

  • Periartrite e fleuma - impregnação purulenta dos tecidos ao redor da articulação (músculos, tendões, tecido subcutâneo e pele).
  • A artrite purulenta ocorre se o pus começar a derreter a camada externa da cápsula articular.
  • Panartrite - ossos, cartilagem e ligamentos da articulação estão envolvidos no processo purulento.

As consequências da sinovite são o desenvolvimento de um processo recidivante crônico, o que leva a uma interrupção no funcionamento normal da articulação (contratura se desenvolve). Eles podem se desenvolver mesmo com a prestação oportuna de cuidados médicos competentes.

Métodos de diagnóstico

Sinovite da articulação do joelho - um diagnóstico que não é feito apenas com base em anamnese, queixas e resultados do exame da articulação, mas requer confirmação instrumental. Isso ocorre porque muitos dos sintomas (dor e movimento prejudicado), bem como dados objetivos (inchaço da articulação, vermelhidão e inchaço da pele acima dela) são inespecíficos, ou seja, podem aparecer em várias doenças. Portanto, no diagnóstico, o médico concentra-se nos dados de alguns métodos instrumentais de diagnóstico.

Este estudo é muito informativo na detecção de derrame na cavidade articular. Portanto, se a quantidade de exsudato exceder 1 ml, ela já estará visível. Além disso, com este diagnóstico, é visualizado um espessamento da cápsula articular.

Esse tipo de diagnóstico é amplamente utilizado para visualizar estruturas intra-articulares. É de acordo com seus dados que o diagnóstico "Sinovit" é feito. No caso do desenvolvimento dessa doença, há uma alteração na intensidade do sinal na cavidade articular devido ao acúmulo de exsudato: é hiperintensivo no modo T2VI, reduzido pelo T1VI. Na ressonância magnética com contraste, o sinal da membrana sinovial inflamada é amplificado, seus crescimentos são visíveis, que ficam no lúmen da inversão da cápsula articular.

Como tratar a sinovite da articulação do joelho?

O tratamento desta doença deve começar a tempo e continuar por um período de tempo suficiente, que é determinado não apenas pela ausência de dor e uma diminuição na circunferência da articulação, mas também por outros sinais clínicos que o médico determina durante o exame.

No tratamento da sinovite, são utilizados os seguintes grupos de medicamentos:

  • Anti-inflamatórios não esteróides
  • Inibidores da enzima proteolítica
  • Corticosteróides
  • Reguladores de microcirculação
  • Antibióticos

Exercícios de fisioterapia

A terapia com exercícios para sinovite deve ser muito suave, para que os movimentos não criem pressão aumentada na articulação doente, o que aumentará ainda mais a isquemia tecidual. Você precisa realizar exercícios deitados de costas, a partir de 5 minutos por dia - a partir do sétimo dia da doença:

  • No início, você simplesmente levanta a perna esticada a 15 cm do chão, mantendo-a nessa posição por vários minutos.
  • Dobre e dobre o pé com muito cuidado da mesma posição inicial.
  • Levante e abaixe a perna reta com baixa intensidade, começando de 5 vezes, elevando o número de max para 15 a 10 de ocupação.

Você não pode agachar, dobrar e dobrar a perna no joelho, agitá-la muito ativamente e também executar movimentos que causarão dor na articulação.

Fisioterapia

Depende da gravidade do processo. Assim, a sinovite moderada ou mínima é tratada com:

  • terapia eletromagnética
  • ultra-som com anti-inflamatórios,
  • terapia de microondas
  • eletroforese com hidrocortisona, dimóxido, diclofenaco.

Após o desaparecimento da inflamação, é aplicada terapia térmica (aplicações de parafina, lama, ozocerite), balneoterapia (vários banhos terapêuticos).

Terapia por exercício para sinovite da articulação do joelho

A terapia por exercício no tratamento da sinovite da articulação do joelho desempenha um papel importante. A ginástica visa restaurar a circulação sanguínea e fortalecer o aparelho músculo-ligamentar.

Os exercícios devem ser realizados diariamente, mas devem ser suaves, não levar a dor aguda. Inicialmente, a lição dura 10 a 15 minutos. À medida que você se recupera, sua duração é aumentada para 30 a 40 minutos.

Complexo aproximado:

  • deitado de costas, dobre os joelhos, segurando-os por até 5 segundos e, em seguida, endireite-os,
  • deite-se de bruços, descanse-se contra a parede com os pés, tente esticar e endireitar o membro o máximo possível,
  • de pé, segurando um apoio, leve o pé para o lado e depois para frente e para trás em um ângulo não superior a 45˚, permaneça por 5 segundos
  • deitado de costas, levante a perna dolorida, tentando não dobrar o joelho.

Sinovite vilonodular do joelho

Atualmente, este tipo de doença é pouco estudado. Foi determinado que os sintomas característicos da sinovite vilonodular são dor intensa, dificuldade de movimentação, artrite e artrose da articulação do joelho.

A sinovite vilonodular é classificada como uma doença auto-imune, devido à qual se formam cavidades livres na articulação do joelho. As neoplasias são detectadas na cavidade e a própria sinovite é caracterizada como uma doença tumoral benigna.

Métodos de tratamento

Existem várias maneiras de tratar a sinovite. Na maioria dos casos, é necessário um complexo de punção e mais medicação. Se os medicamentos não produzem efeito suficiente, os especialistas podem recorrer à intervenção cirúrgica.

Deve-se lembrar que, quando os primeiros sinais de sinovite ocorrem, o joelho deve ser fixado com uma bandagem firme e endireitada e consultar um especialista o mais rápido possível para prescrever o tratamento.

Termos de tratamento

O período de imobilização articular dura cerca de 7 dias, determinado pelas causas e gravidade do processo. O tratamento adicional, em que há uma rejeição gradual dos métodos médicos em favor da fisioterapia, da terapia por exercícios e de métodos adicionais, dura em média cerca de 3 meses.

Prevenção é evitar danos nas articulações. Se ocorrer gonartrose da articulação do joelho ou artrite, a sinovite pode ser evitada pela execução oportuna e correta da terapia prescrita. Com a sinovite que surgiu uma vez, no futuro, é necessário monitorar rigorosamente para oferecer chances mínimas de recaída. Para fazer isso, você deve:

  • exercite-se regularmente, mas preste atenção à flexão adequada do joelho,
  • Evite o aumento da atividade física
  • não coma demais,
  • monitorar a manutenção do peso corporal dentro dos limites de valores individualmente aceitáveis;
  • Se sentir dor, esmagamento ou mobilidade do joelho prejudicada, consulte seu médico. publicado por econet.ru.

Você gosta do artigo? Escreva sua opinião nos comentários.
Inscreva-se no nosso FB:

Tratamento alternativo da sinovite do joelho

O tratamento da sinovite da articulação do joelho com remédios populares deve ser realizado apenas com a aprovação de um médico.

A medicina tradicional não substitui o tratamento principal, mas é apenas auxiliar.

Você pode fazer loções e compressas de decocções de ervas medicinais:

  • confrei
  • visco
  • tansy,
  • echinacea
  • tomilho
  • yarrow
  • folhas de bétula.

Para a preparação de caldos, você precisa de 1 colher de sopa. eu matérias-primas fabricadas em 200 ml de água fervente. As loções são feitas 2-3 vezes ao dia por 20 a 30 minutos.

Previsão e possíveis complicações

O prognóstico depende do que causou a sinovite exsudativa e da rapidez com que o tratamento foi iniciado. Se não for expresso, a terapia é curta, é possível em pouco tempo restaurar a mobilidade da articulação do joelho e retornar ao modo de vida habitual.

Após a transição para o estágio crônico, é bastante difícil se livrar da doença. Alta probabilidade de complicações e intervenção cirúrgica.

O tratamento da sinovite do joelho deve ser oportuno, pois complica significativamente o curso da doença subjacente e, consequentemente, a qualidade de vida do paciente.

A maior probabilidade de complicações com uma forma não infecciosa infecciosa e freqüentemente recorrente. As seguintes consequências podem ocorrer:

  • cicatrizes, espessamento, escleroterapia,
  • luxações, subluxações,
  • fleuma de tecidos moles,
  • a formação de áreas hipertróficas,
  • artrite purulenta,
  • periartrite
  • hidrartrose (hidropisia da articulação),
  • penartrite (inflamação purulenta aguda),
  • sepse.

Todas as alterações intra-articulares levam à disfunção da articulação e são resolvidas por cirurgia.

Prevenção

A sinovite secundária pode ser evitada se todos os fatores predisponentes forem excluídos. É importante manter as articulações saudáveis ​​do joelho.

Recomendações para a prevenção de sinovite da articulação do joelho:

  • manter atividade física, joelhos moderados (ciclismo, caminhadas, natação),
  • ao praticar esportes, faça um aquecimento,
  • não levante pesos
  • evitar ferimentos
  • tratar doenças inflamatórias e outras articulações a tempo,
  • comer bem, as vitaminas A, C e E devem estar presentes na dieta, gelatina, caldos de carne e ossos são úteis.

Uma dieta saudável e um exercício racional ajudarão a prevenir o aparecimento de uma doença grave.

Não demore na visita a um médico com sinovite, pois a condição da articulação do joelho depende da pontualidade da terapia.

Recuperação de artroscopia

Para o rápido retorno da mobilidade articular e o conforto do movimento, recomenda-se um conjunto de exercícios. Datas para diferentes tipos de aulas são definidas pelo médico assistente. Deve-se entender que a reabilitação competente evita a recorrência da doença e o desenvolvimento de complicações.

A aceleração do procedimento de recuperação sem o consentimento do médico assistente pode ser fatal e levar a nova formação de fluidos, infecção e hemartrose.

Muitas vezes, para aumentar o efeito, o paciente recebe um curso de fisioterapia. No entanto, com a sinovite, a fisioterapia é mais um método adicional e não substitui os exercícios de fisioterapia. Aqui estão alguns exemplos de exercícios:

  • Flexão e extensão incompletas do joelho enquanto está deitado de costas,
  • Lentamente, levante e abaixe a perna reta enquanto está deitado de costas,
  • Tensão dos músculos da coxa e da perna (em qualquer posição),
  • Compressão de um objeto plano sob o joelho enquanto está deitado de costas.

A sinovite da articulação do joelho é uma das doenças mais comuns das pernas. Independentemente do tipo e forma do curso da doença, é necessário entrar em contato imediatamente com um especialista e prescrever o tratamento.

A sinovite pode se transformar em uma forma crônica, cujo tratamento pode exigir intervenção cirúrgica, o que implicará um longo período de recuperação.

Sinovite da articulação do joelho - sintomas e tratamento

A sinovite da articulação do joelho é uma condição patológica causada por vários fatores ou causas predisponentes, acompanhada pelo acúmulo de líquido na membrana sinovial. Dependendo da natureza da ocorrência e curso da doença, esta doença é dividida em vários tipos e graus de gravidade.

Os portais e revistas médicas, bem como a Wikipedia sobre sinovite da articulação do joelho, contêm muitas informações úteis, entre as quais é possível encontrar os sintomas e as causas da doença, bem como maneiras de tratar essa doença.

Quase todas as fontes de informação contêm uma descrição da doença em um idioma científico e incompreensível para uma pessoa simples, difícil de perceber e que não oferece a oportunidade de obter as informações necessárias.

É por isso que eu gostaria de fornecer uma descrição e os métodos de tratamento desta doença estão disponíveis para pessoas comuns.

Conclusões

  1. Sinovite da articulação do joelho pode ocorrer de forma aguda e crônica. Muitas vezes, uma doença não tratada pode ocorrer ao longo da vida.
  2. O diagnóstico desempenha um papel crucial no tratamento da doença. Para esse fim, são utilizados métodos de hardware e laboratório.
  3. O regime de tratamento é selecionado individualmente, mas parte da medicação é usada para qualquer tipo de sinovite.
  4. A reabilitação deve ocorrer sob a supervisão de um ortopedista. Inclui não apenas procedimentos terapêuticos, mas também o uso de construções especiais.
  5. Se você iniciar a sinovite do joelho, há um risco de complicações. Os mais perigosos são a sepse e o desenvolvimento de fleuma.

Causas de sinovite da articulação do punho

Como tratar a bursite pré-patelar do joelho

O que é bursite suprapatelar da articulação do joelho e como tratá-la

6 principais áreas de tratamento para bursite do joelho

Etiologia da doença

Dada a etiologia, os especialistas distinguem os seguintes grupos da doença em questão:

  • Sinovite infecciosa ocorre quando microorganismos entram na membrana sinovial. O microorganismo é penetrado por essa área a partir do ambiente, com o fluxo de sangue ou linfa,
  • sinovite inespecífica se desenvolve no contexto de micróbios patogênicos que causam um processo inflamatório inespecífico na membrana sinovial. Esses micróbios incluem estreptococos, estafilococos,
  • específico - provocado por micróbios patogênicos, incluindo bacilo tubercular e treponema pálido. Esses micróbios provocam inflamação específica nessa membrana.

Um grupo separado inclui sinovite asséptica que ocorre nas seguintes condições:

  • lesões articulares mecânicas repetidas - sinovite reativa,
  • hemofilia
  • processo metabólico perturbado,
  • problemas no sistema endócrino.

As formas alérgicas de patologia desenvolvem-se no contexto da exposição ao tecido da membrana de alérgenos de natureza infecciosa e não infecciosa. Para o desenvolvimento de sinovite, deve haver uma condição para aumentar a sensibilidade da membrana aos alérgenos acima.

A sinovite é infecciosa e asséptica, o primeiro tipo de doença pode ser atribuído a uma doença que ocorre quando os microorganismos patológicos que afetam a articulação do joelho a penetram. A sinovite asséptica da articulação do joelho, dependendo da gravidade e dos fatores que influenciaram sua ocorrência, pode ser de vários tipos:

  • Reativo - um tipo de doença alérgica causada por efeitos tóxicos ou mecânicos na área da articulação do joelho. Pode aparecer devido à presença no corpo de qualquer tipo de reação alérgica. A sinovite reativa do tratamento da articulação do joelho, que visa eliminar o fator alérgico, ocorre com intoxicação geral de natureza não infecciosa ou infecciosa, bem como sob a influência de irritação mecânica na membrana sinovial.Esse tipo de doença pode ocorrer com artrite, artrose e outras patologias localizadas na articulação do joelho, exercendo pressão constante na cavidade da bolsa sinovial,
  • Exsudativo - é formado durante uma lesão mecânica do joelho e é acompanhado pelo desenvolvimento de uma grande quantidade de exsudato na membrana sinovial. O líquido produzido é rico em várias células e proteínas e é acompanhado pela presença de natureza inflamatória,
  • Pós-traumático - tratamento, que se baseia na eliminação do processo inflamatório na área articular causada por estresse mecânico. A irritação da articulação por fragmentos de cartilagem ou osso, bem como danos ao menisco, podem afetar a aparência desse tipo de doença,
  • Crônico - cujos sintomas são circulação sanguínea prejudicada na região articular, bem como uma alteração no seu funcionamento, surge de uma sinovite aguda não tratada na presença de um fator traumático de sua ocorrência. Essa forma da doença raramente é diagnosticada, pois se desenvolve apenas com a ausência prolongada de tratamento.

A doença pode ocorrer com comprometimento das funções endócrinas ou neurogênicas, o que é repleto de combinações de tipos de sinovite e a dificuldade na realização de medidas de diagnóstico.

A sinovite da articulação do joelho direito, com o estágio avançado da doença, se espalha para a articulação da perna esquerda, o que provoca os anticorpos celulares alérgicos (autoimunes) presentes no corpo.

Sintomas comuns característicos

Os sinais de sinovite da articulação do joelho diferem dependendo do grau e do tipo da doença, mas, apesar disso, são de natureza geral e são expressos pelos seguintes sintomas:

  • Dor dolorosa que ocorre periodicamente ou está constantemente presente na articulação afetada,
  • Um aumento significativo no tamanho da articulação causado pelo inchaço causado pela formação de um processo inflamatório,
  • Violação do funcionamento das articulações do joelho, dificultando a conclusão da atividade motora ou bloqueando-a completamente.

Com esta doença, ocorre uma inflamação microscopicamente serosa da membrana sinovial, caracterizada por uma reação vascular pronunciada. Na foto de sinovite da articulação do joelho obtida por exame de raios-X ou ultrassonografia, é possível determinar o espessamento da membrana sinovial ou da cápsula fibrosa da articulação.

Complicações da doença

A sinovite asséptica aguda e crônica pode levar à infecção de derrames, seguida pelo desenvolvimento de sinovite infecciosa grave. Se a infecção se espalhar para os tecidos vizinhos, afetando a membrana fibrosa, a artrite purulenta se desenvolve.

A disseminação subsequente do processo contribui para a ocorrência de fleuma dos tecidos moles ou periartrite. O curso severo da sinovite infecciosa provoca panartrite. Nesse caso, o processo purulento se espalha para os ossos, ligamentos e cartilagens. Sob a influência de fatores adicionais, a sepse se desenvolve.

Uma forma asséptica crônica prolongada da doença provoca as seguintes complicações:

  • aumento gradual do volume das articulações, uma vez que o excesso de água não é absorvido pela casca,
  • desenvolvimento de hidropisia da articulação, se não houver terapia,
  • um longo curso da clínica acima provoca frouxidão da articulação. Nesse caso, os ligamentos enfraquecem, ocorre uma luxação.

Tratamento eficaz

Para um diagnóstico preciso da sinovite do joelho, uma punção deve ser realizada a partir da articulação afetada e, somente após a obtenção dos resultados do estudo, o tratamento deve ser iniciado, o que permitirá concluir um curso eficaz de fisioterapia e quimioterapia.

Este procedimento é realizado sem anestesia, pois não é acompanhado por dor. Para sua implementação, uma articulação é perfurada para sugar o líquido sinovial de sua cavidade.

Após a remoção, o exsudado é submetido a pesquisas de laboratório, que permitem determinar a causa da formação da patologia e prescrever o tratamento necessário.

Etapas

  • Primeiro de tudo, um curativo apertado ou corte no joelho é aplicado à articulação afetada, fixando-a e reduzindo a mobilidade. Durante esse período, a atividade física é proibida, mas ainda é necessário o desenvolvimento de uma articulação. Para fazer isso, você pode usar exercícios leves de ginástica especialmente projetados ou fazer um curso de terapia manual,
  • Com qualquer forma de sinovite, são prescritos medicamentos não esteróides que reduzem os sintomas da dor. Com formas infecciosas da doença, torna-se necessário o uso de antibióticos que suprimem infecções. O tratamento da forma crônica da doença é realizado com a ajuda de medicamentos corticosteróides,
  • Se o tratamento medicamentoso não levar ao resultado desejado, é necessário intervenção cirúrgica.

A medicação ajuda a lidar com a dor e reduz o processo inflamatório na articulação. Para fazer isso, você pode usar várias formas de dosagem recomendadas pelo seu médico, levando-as para dentro, aplicando-a na pele ou injetando-as na área afetada.

Existe também a possibilidade de administrar medicamentos na forma de supositórios retais, o que reduz a carga no estômago e intestinos e aumenta a eficácia dos componentes incluídos na preparação.

Para eliminar efetivamente a doença, deve-se combater não apenas seus sintomas, mas também as causas da aparência, que podem ser determinadas por um reumatologista ou ortopedista qualificado. A automedicação com esta doença pode causar consequências indesejáveis, portanto, não é recomendável realizá-la sob nenhuma forma da doença.

Prognóstico da doença

Para sinovite asséptica e alérgica aguda, o prognóstico é positivo. Após tratamento adequado, a inflamação é completamente eliminada, o derrame desaparece e o movimento persiste. Com um curso purulento da doença, às vezes podem aparecer contraturas.

Em casos graves, o desenvolvimento de complicações perigosas para a vida do paciente não é excluído. Com este diagnóstico, o prognóstico é negativo. Sinovite asséptica crônica pode levar à rigidez. Após a cirurgia, pode ocorrer recaída. Às vezes, a contratura se desenvolve.

Vídeo útil sobre sinovite

Lista de fontes:

  • Traumatologia e Ortopedia / ed. Kornilova N.V. - 2011.
  • Traumatologia e ortopedia / Kotelnikov G.P., Mironov S.P., Miroshnichenko V.F. - 2008.
  • Gerasimenko, M.A. Diagnóstico e tratamento de lesões e doenças ortopédicas da articulação do joelho / M. A. Gerasimenko, A. V. Beletsky. - Minsk: Tekhnalogіya, 2010 - 167 p.

Assista ao vídeo: Saiba tudo sobre: Sinovite ou Derrame Articular agua no Joelho (Abril 2020).